Pedro Carneiro com Quarteto de Solistas da OCP

A obra Cartas Íntimas, uma ode à espiritualidade e ao amor, é fruto de uma história que nos leva para um spa da Morávia, no verão de 1917, onde Leoš Janáček, de 63 anos, se apaixona por Kamila Stösslová, dona de casa fiel. Nos 11 anos seguintes, Janáček escreveu-lhe mais de mil cartas, que documentam uma história bizarra de afetos retidos. Apenas um beijo foi dado, 10 anos após o primeiro encontro. Cerca de meio ano depois, novas cartas, desta vez em forma de quarteto de cordas, música que revela os sentimentos do compositor, reconhecido pela sua audácia e criatividade sem fronteiras, com um estilo único e arrebatador.
Ainda neste concerto, escutaremos a obra Cantos tonalesen épocas atonales, de Fernando Altube, uma viagem pela melancolia, desde a evocação (distante) da Pachamama (a mãe terra, o mundo, o tempo) até ao enérgico canto final, e Trabalhos da madeira, de Miguel Azguime, uma meditação sobre a madeira em forma de música – uma narrativa abstrata, que nos fala da extinção das madeiras preciosas e das desastrosas implicações sociais, económicas e culturais consequentes.

31 maio 2018 | 17:00
CCB – Pequeno Auditório

Pedro Carneiro marimba
Com Quarteto Solistas OCP

M. Azguime Trabalhos da madeira (2016/2017)
F. Altube Cantos tonales, en épocas atonales
intervalo
L. Janáček Quarteto de cordas n.º 2, Cartas Íntimas